Início do Conteúdo

agosto 21

‘Nossos jovens estão encurralados, vulneráveis’

Postado por: admin | Postado em: NEABI, Notícias | Não Comentada

Imprimir

Umas dos principais líderes indígenas no País, Marcos Apurinã foi articulador na Rio+20 dos protestos que reavivaram os debates sobre a questão indígena. Em entrevista, ele falou sobre os problemas que os índios enfrentam em áreas urbanas. “A sociedade vê como uma invasão de índios, mas a causa disso é a omissão do Estado. Não existe política pública. Como eles vão voltar às aldeias, se educação e saúde não existem? Nossos jovens vivem encurralados, as portas são fechadas. Um problema grande é a vulnerabilidade em relação ao álcool, a prostituição, os suicídios, a tecnologia, em função de um conhecimento que vem atropelando os costumes indígenas”. Apurinã disse ainda que demarcar terras somente não é suficiente. “Tem que fazer regulamentação, sustentabilidade do território, vigilância e proteção” – Fonte.

Comentários não disponíveis!

 

Desenvolvido pelo Projeto de Acessibilidade Virtual | IFRS