Início do Conteúdo

maio 12

Semana dos Povos Indígenas no Campus Canoas debateu a cultura e a visão social e política de etnias

Postado por: admin | Postado em: Eventos, NEABI | Não Comentada

Imprimir

Neste ano de 2017, a Semana dos Povos Indígenas ocorreu entre os dias 25 e 27 de abril no Campus Canoas do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul (IFRS) e em escolas da rede pública. Representantes de várias etnias participaram de debates e expuseram sua cultura, além de explanar sobre questões sociais e políticas na visão dos indígenas. O evento foi organizado pelos Núcleos de Estudos Afro-brasileiros e Indígenas (Neabis) dos campi Canoas, Porto Alegre, Restinga e Alvorada do IFRS.

No primeiro dia, ocorreu uma mostra de fotos dos povos indígenas, atividade externa sobre cultura, arte e tradições na Escola Municipal Erna Würth, e exposição de artesanato no campus. Além dessas atividades, ocorreu também a exposição e conversa sobre o livro Xaladu Movimento Urbano e uma palestra com o pataxó Merong Santos que falou sobre cultura, arte e tradições indígenas.

Na quarta-feira, segundo dia, além do prosseguimento das exposições, ocorreu uma atividade externa no Colégio Estadual Jussara Maria Polidoro. À tarde, no Campus Canoas, houve um relato de visita à comunidade de Mato Preto, em Erebango, RS. Logo após, uma palestra com o kaingang Darci Emiliano. Doutorando em Educação Ambiental pela Fundação Universidade de Rio Grande (FURG), o indígena falou sobre a revitalização dos saberes e práticas kaingang. Ato contínuo, o cacique guarani André e convidados relataram a retomada do território indígena em Maquiné, RS.

No último dia, houve uma exposição de cultura, arte e tradições indígenas na Escola Municipal Pernambuco. À tarde, no campus, uma conversa com Daniela Gebelucha versou sobre a literatura indígena guarani no Rio Grande do Sul. O evento se encerrou com uma atividade externa na Escola Municipal Erna Würth na qual ocorreu a capacitação de servidores sobre cultura, arte e tradições indígenas.

As conversas realizadas em escolas da rede pública partiram de questões atuais relacionadas aos povos indígenas e a partir da interação com as questões trazidas pelo público. Em algumas edições, ocorreu também atividades corporais, como dança e pinturas corporais com jenipapo. De acordo com um dos coordenadores do evento, Paulo Faber, foi a oportunidade de conviver por algumas horas com membros de comunidades indígenas, compreender e aprender um pouco sobre suas culturas, línguas, organização de sociedade e modo de vida, de preservação da natureza e incentivo à solidariedade e colaboração humana.

Abaixo algumas fotos do evento.

Vivências todos os sábados de abril na Casa da Cultura Mario Quintana (2007) Atividade na Escola Municipal Ema  Würth, bairro Guajuvira Canoas/RS Abertura do Evento Semana dos Povos Indígenas 2017 no IFRS Câmpus Canoas Conversa com Darci Emiliano, Kaigang e doutorando em Educação Ambiental (FURG) Atividade no Colégio Estadual Jussara Maria Polidoro, bairro Guajuvira, Canoas/RS Capacitação de Professores na Escola Municipal Ema Würth, bairro Guajuvira, Canoas/RS. Atividade na Escola Municipal Pernambuco, bairro Niterói, Canoas/RS.

Fonte: Comunicação do IFRS Campus Canoas (Jornalista João Henrique Oliveira Machado).

Comentários não disponíveis!

 

Desenvolvido pelo Projeto de Acessibilidade Virtual | IFRS